Robson Cabugi
08
dez
2021

...
08
dez
2021

Pode ser uma imagem de 1 pessoa e texto que diz "Anos Co FESTA NOSSA SENHORADA Conceição 202 Jubilosos celebramos com Maria, 100 anos de fé e do devocão povo Deus. PARÓQUIA CONCEIÇAO LAJES-RN"

...
08
dez
2021

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) foi premiada nesta quarta-feira, 8, como a sexta colocada na 4ª edição do Ranking de Universidades Empreendedoras, organizado pela Confederação Brasileira de Empresas Juniores (Brasil Júnior). Esse foi o melhor desempenho da UFRN no ranking, que coloca a instituição em 1º lugar entre as universidades do Norte, Nordeste, Sul e Centro-Oeste. A sessão solene de lançamento aconteceu na Câmara dos Deputados, em Brasília, e contou com a presença do reitor da UFRN, José Daniel Diniz Melo.

A edição 2021 recebeu a colaboração de 126 universidades e mais de 24 mil alunos consultados, cuja participação permitiu o diagnóstico do cenário das universidades brasileiras durante o ano de 2020. Promovido desde 2016, o Ranking de Universidades Empreendedoras surgiu com o objetivo de “proporcionar evidências para a educação superior, através da coleta de percepções dos estudantes e da análise de dados das próprias instituições de ensino superior, e gerar evolução a partir do retrato gerado”, explica a Brasil Júnior.

O reitor da UFRN, José Daniel Diniz Melo, avalia como uma grande conquista a colocação da UFRN como a sexta universidade empreendedora do Brasil, atrás apenas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp); Universidade de São Paulo (USP); Universidade Federal de Viçosa (UFV); Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp), todas da região Sudeste do país. “Esse resultado comprova que os esforços desenvolvidos nos últimos anos contribuíram efetivamente para fomentar o empreendedorismo na UFRN, com apoio institucional para o fortalecimento das empresas juniores”, comemora.

Atualmente, a UFRN dispõe de 35 empresas juniores, que atuam sob orientação de aproximadamente 40 professores-tutores. De acordo com o coordenador da Central de Empresas Juniores da Pró-Reitoria de Extensão da UFRN (Proex), Kleber Cavalcante de Souza, o destaque no ranking é fruto do trabalho realizado desde 2019, quando foi desenvolvido um plano de trabalho para melhorar o relacionamento institucional com as empresas juniores e dar mais visibilidade a elas, além de oferecer o melhor acompanhamento dos processos relativos às atividades acadêmicas e de formação empreendedora.

“Criamos o protocolo de reuniões periódicas com os tutores e implementamos ações de capacitação, assim como apoiamos o relacionamento com o mercado. Também disponibilizamos uma sala no Centro de Convivência da UFRN, para proporcionar visibilidade e atendimento de qualidade aos clientes”, destacou o coordenador. Outras ações implementadas foram a criação de um programa de extensão institucional das empresas juniores e o lançamento de um edital, com o intuito de fomentar e fortalecer o empreendedorismo universitário dentro e fora da UFRN.

O pró-reitor adjunto de Extensão da UFRN, Edvaldo Vasconcelos de Carvalho Filho, complementa que todas as atividades foram desenvolvidas a partir de um esforço coletivo para aproximação, apoio e orientação dos estudantes. “O sexto lugar representa uma grande vitória para nós, que contamos com a avaliação positiva dos alunos consultados pela Brasil Júnior. Agora vamos analisar onde podemos fazer melhorias para ficarmos entre as três primeiras no ranking de 2022. Essa é a nossa meta”, afirmou.

Mais informações sobre o empreendedorismo na UFRN podem ser obtidas no Instagram da Central de Empresas Juniores.

...
08
dez
2021

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (RN) determinou ao Governo do Estado a entrega dos dados de arrecadação de IPVAICMS e da dívida ativa à Federação dos Municípios do RN (Femurn). O Executivo havia negado as solicitações administrativas apresentadas pela entidade desde o início de 2021. Com os números, a instituição espera poder aferir de forma mais precisa se o Estado está repassando (ou não) tudo o que é devido a cada município referente a arrecadação de impostos.

“Tomamos a iniciativa de acionar a Justiça diante da estranha atitude do Governo em nos negar acesso às informações a que temos direito – e para atender a reivindicação dos colegas prefeitos diante de indícios de distorções nos repasses do nosso ICMS e IPVA”, relata o presidente da Femurn, Babá Pereira (Republicanos), que também é prefeito de São Tomé (RN).

Segundo Babá, a expectativa da Federação agora é que essa decisão da Justiça faça o Estado mudar sua postura, “dando mais transparência sobre sua arrecadação e tendo mais respeito ao direito constitucional que os municípios têm de fiscalizar as suas receitas”.

A decisão foi do desembargador Claudio Santos, que determinou ao secretário estadual de Tributação, Carlos Eduardo Xavier, fornecer os dados solicitados no prazo de 15 dias. Conforme o magistrado, há “plausibilidade jurídica suficiente” para a concessão da liminar, “notadamente porque a omissão das autoridades em não fornecer as informações fiscais requeridas pela FEMURN prejudica sobremaneira o poder-dever dos Municípios de acompanhar e fiscalizar a arrecadação estadual, sobretudo para garantir o cumprimento da norma de repartição das receitas tributárias, indispensáveis à gestão municipal e à promoção das políticas necessárias aos que vivem nos Municípios”.

Ainda na decisão, Claudio Santos afirma que “os Municípios estão sendo privados mensalmente de fiscalizar a regularidade dos valores a eles repassados, indispensáveis à gestão municipal e à promoção das políticas públicas”.

...
07
dez
2021

Ver a imagem de origem

O Ex-Ministro do Turismo e Ex-Deputado Federal Henrique Eduardo Alves foi absolvido agora no Tribunal Regional Federal (TRF) em Última instância por 3 x 0.

NOTA À IMPRENSA

No dia de hoje (7), o Tribunal Regional Federal (TRF) da 1a Região acatou argumento da defesa de HENRIQUE EDUARDO ALVES para reconhecer a incompetência da Justiça Federal para processar e julgar a ação penal referente à Operação Sépsis.

Com isso, torna-se nula a sentença do Juiz da 10a Vara Federal de Brasília que o havia absolvido do crime de corrupção passiva, mas o havia condenado por lavagem de dinheiro. O processo deverá ser, agora, remetido para a Justiça Eleitoral do Rio Grande do Norte (RN).

Isso equivale a dizer que HENRIQUE EDUARDO ALVES é um homem sem condenação em qualquer esfera ou grau de jurisdição.

Todas as acusações lançadas contra HENRIQUE EDUARDO ALVES foram julgadas improcedentes, até o presente momento, e continuarão sendo em face de sua INOCÊNCIA.

A defesa acredita que é o povo do Rio Grande do Norte (RN) quem poderá melhor julgá-lo, caso ele decida ser candidato nas próximas eleições.

Brasília, 07 de dezembro de 2021.
Marcelo Leal de Lima Oliveira

...
07
dez
2021

Pode ser uma imagem de estrada e texto que diz "Paraíba Rio Grande Do Norte"Faz anos que fazemos o registro de muitos descasos em nosso estado. Aqui no Sertão temos esse péssimo exemplo com o abandono da RN 129, uma vergonha, um ato de irresponsabilidade praticado pelo Governo do Rio Grande do Norte.

Muitas pessoas são testemunhas das mortes causadas pelas péssimas condições da estrada que liga Lajes a Pedra Preta, e muitas pessoas são testemunhas do capricho e zelo que o governo da Paraiba tem com suas estradas.

...
07
dez
2021

...
07
dez
2021

Nenhuma descrição de foto disponível.

...
06
dez
2021

Pode ser uma imagem de uma ou mais pessoas e texto que diz "ROBSON CABUGI PATOSGNOTICIAS @ROBSONCABUGI Durante festa de emancipação política em Lajes, bandidos aproveitam para roubar celulares e objetos de carros"Na praça central de Lajes, durante os festejos de emancipação política da cidade, frequentadores relataram que foram vítimas de furtos durante os shows no palco e arredores, nesta sexta-feira (03). A Polícia Civil não informou o número oficial de ocorrências.

Ainda existem relatos feitos ao Blog RC de furtos em veículos, pelo menos três. Segundo informações que nos foi repassada, os carros tiveram portas arrombadas e objetos foram levados como roupas, bolsas e acessórios.

Vítimas

Um dona de casa, de 35 anos, contou que teve o celular furtada durante o show de Dorgival Dantas um empurra-empurra. “Eu senti quando bateram a mão no meu bolso. Quando virei, já estava sem o celular”, disse.

História semelhante foi relatada pelo estudante, de 18 anos. Ele contou que também sentiu quando colocaram a mão no bolso detrás da calça dele, de frente ao palco. “Eu consegui pegar o celular no chão, mas levaram a carteira com R$ 65.”

A Polícia Civil ressalta que é fundamental que as pessoas façam o boletim de ocorrência para em casos do celular ser encontrado, for possível entrar em contato com o dono do aparelho.

Com texto do Blog do Professor Mário Sérgio.

...