Robson Cabugi

LAJES com venda de bebidas alcoólicas proibida neste Sábado e Domingo

Comitê de Crise em Lajes determina que neste sábado e domingo será proibido a venda de bebidas alcoólicas. A medida é mais uma ação de prevenção no combate ao COVID-19 consierando que a cidade não tem seguido as recomendações de isolamento chegando a situação preocupando de casos positivos e ainda os que ainda aguardam resultados.

Veja na integra, nota emitida pela Prefeitura de Lajes e o Comitê

Em defesa da vida dos mais vulneráveis, principalmente, daqueles que têm na saúde pública seu único alento e esperança, e, diante do cenário de colapso apresentado pela rede estadual de saúde, onde hoje, quinta-feira (28), 89 pacientes no Rio Grande do Norte, com covid-19, esperam por leitos de UTI para poderem seguir seus tratamentos sem risco de morte. E também, pelo baixo grau de adesão ao isolamento social, respeito as medidas de prevenção e notada ação de aglomerações causadas pelo uso de bebidas alcóolicas em Lajes, o comitê de crise para prevenção do coronavírus, decidiu, proibir nos próximos dias 30 (sábado) e 31 (domingo) de maio a venda de qualquer tipo de bebida alcoólica no âmbito do nosso município.

A medida visa única e exclusivamente, proteger vidas e alerta a população para o senso de responsabilidade e respeito social no espaço da nossa comunidade.

O comitê de crise não deseja e nem fará qualquer ação de restrição às necessidades essenciais do cidadão, no entanto, o Prefeito, a Secretária de Saúde e todos os Servidores Públicos, têm, como dever e obrigação, agir e assumir responsabilidades com a vida, principalmente na eminência de tão grave pandemia.

A Secretaria Municipal de Saúde ainda faz um alerta importante, e informa que, a região central, a qual pertencemos, é a única região do nosso estado que não dispõe de um hospital de referência para encaminhamento dos nossos pacientes, indo além, ela reitera, o fluxo de regulação para pacientes com covid-19 para hospitais públicos na capital do estado já está em colapso e não mais atendendo na sua normalidade.

Por fim, pedimos o bom senso e a colaboração da nossa população com as medidas de prevenção já impostas, reafirmando o nosso compromisso com a vida, não se abstendo, em caso de necessidade, de ir além com o ações de natureza protetiva ainda mais rigorosas.



Deixe seu comentário

%%%%%%%%%%%%%%%%%%