Robson Cabugi

Essa doença exige REFLEXÃO e COMPREENSÃO

As autoridades tem que parar de agir com achismo e agir ouvindo quem tem conhecimento científico para falar no assunto. A cada 100 infectados, entre 5 e 7 morrerá.

Autoridades como o Presidente Bolsonaro, a Governadora Fátima e o Prefeito Felipe Menezes tem que agir ouvindo a ciência.

Não adianta o Prefeito fazer um decreto com determinações e ele mesmo descumprir, como fez ontem a noite na Assembleia de Deus. Quando uma autoridade descumpre a própria regra que ele fez, quem cumprirá?

Ledo engano achar que porque é um evento CRISTÃO, a doença não estará. Se assim fosse, os evangélicos e cristãos nos curaríamos apenas com orações e nunca precisaríamos ir a um hospital.

Mas Deus, na sua sabedoria, fez a ciência e os médicos para isso: para dizer o melhor caminho para a cura.

Não adianta o Prefeito nomear uma vigilância sanitária sem dar-lhe independência, sem dar-lhe autoridade. Publicar um decreto e não fiscalizar, de nada adianta. Os excessos dos agentes tem que ser proibidos, mas agir com negligência não dá para aceitar.

O prefeito Felipe Menezes tem editado decretos apenas no papel. Na prática, ele não os pratica. Foi assim na tal CALAMIDADE FINANCEIRA, e está sendo sobre a PANDEMIA.

Rosenildo Silva, advogado.



Deixe seu comentário

%%%%%%%%%%%%%%%%%%