Robson Cabugi

LAIS: Em 16 dias, 51 pacientes com covid morreram antes de conseguir leito

Lais (Laboratório de Inovação Tecnológico em Saúde) da UFRN jogou lupas sobre análise no quadro de Pandemia no RN. Concluiu que entre os dias 12 e 28 de fevereiro, 51 pacientes perderam morreram antes mesmo de conseguir ser regulado para um leito destinado ao tratamento da Covid-19 no estado. Desse total, 39 óbitos ocorreram somente na região metropolitana de Natal (RN).

Esses dados constam do documento Rio Grande do Norte: “uma nova onda”, construído por um grupo de pesquisadores do Lais, analisando toda a situação recente.

O Lais monitora mais de 140 indicadores sobre a covid-19 no RN, “utilizando métodos computacionais robustos, que dão segurança para tomadas de decisão. Com isso, o  Rio Grande do Norte é um dos poucos estados do Brasil que consegue monitorar, além dos dados epidemiológicos, os dados assistenciais de forma on-line e com um alto índice de confiabilidade e transparência. Portanto, é importante que as análises sejam sempre bem fundamentadas para que se possa qualificar melhor as informações para toda a sociedade”, informa.

O relatório é assinado pelo diretor do Lais, professor Ricardo Valentim, pelos pesquisadores Higor Morais, Nícolas Veras, Pablo Holanda e Rodrigo Silva, além do imunologista Leonardo Lima e da infectologista Mônica Bay, do Hospital Giselda Trigueira.

Informa também sobre a taxa de transmissibilidade dos municípios, as consequências das aglomerações e as principais recomendações, como o retorno de 100% da frota de ônibus, para o enfrentamento da pandemia.

BZ Notícias



Deixe seu comentário

%%%%%%%%%%%%%%%%%%