Robson Cabugi
25
mar
2021

Diante de questionamentos de senadores sobre a possibilidade de aumentar o valor do auxílio emergencial para R$ 600, patamar que chegou a ser pago no ano passado, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta quinta-feira (25) que não descarta um benefício mais alto, mas que isso dependeria de contrapartidas como a venda de empresas públicas que dão prejuízo.

— O estado está financeiramente quebrado, mas cheio de ativos. Vimos que é possível aumentar o valor, mas tem que ser em bases sustentáveis. Se aumentar o valor sem por outro lado ter as fontes de recursos corretas, traz a superinflação ou a inflação de dois dígitos como era antigamente. O resultado final é desemprego em massa e o imposto mais cruel sobre os mais pobres que é a inflação — disse o ministro.

...
25
mar
2021

34135fa6 8608 4401 9563 220d753b38c1 Ezequiel celebra ordem de serviço do Sistema Seridó e defende pautas de outras regiõesO ministro do Desenvolvimento Regional (MDR), Rogério Marinho deu ordem de serviço para as obras do Sistema Seridó, projeto que vai interligar as bacias hidrográficas da região e beneficiar cerca de 280 mil pessoas em 24 municípios. O anúncio foi feito ao presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), que recebeu a notícia em reunião realizada nesta quinta-feira (25), que também contou com a presença do deputado estadual Gustavo Carvalho (PSDB).

“Essa é uma obra fundamental para o futuro do nosso Estado. É a garantia de recursos hídricos para uma região que vem sofrendo há anos com esse problema. Isso garantirá dignidade e desenvolvimento econômico para o Seridó. Importante agradecer a sensibilidade do governo federal e ao empenho do ministro Rogério Marinho por transformar este sonho em realidade”, disse Ezequiel.

O projeto do Sistema Seridó está orçado em R$ 280,6 milhões e prevê a construção de 330 quilômetros de canais adutores, estações de bombeamento, de tratamento e de pontos de captação de água. A obra será executada em duas etapas e contém 10 trechos. O Sistema Seridó Norte captará água no Reservatório Armando Ribeiro Gonçalves, em Jucurutu, enquanto o Sistema Seridó Sul levará águas do Rio São Francisco a partir de Oiticica. O Governo do Estado cedeu os estudos de viabilidade técnica, econômico-financeira e ambiental e o projeto básico dos sistemas adutores.

No encontro com o ministro Rogério Marinho, Ezequiel aproveitou também para apresentar a sugestão da abertura de linhas de crédito para os agropecuaristas do país, tendo como bônus de adimplência, taxa de juros a 0% para produtores rurais a agricultores familiares. O parlamentar espera reunir o apoio da bancada federal potiguar e também solicitou o empenho do Ministério do Desenvolvimento Regional.

O Ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, vai cumprir agenda em Caicó no sábado (27). Será recebido no final do dia pelo prefeito de Caicó, Dr. Tadeu (PSDB). “O objetivo da ida do Ministro é ver de perto o andamento do projeto do Complexo Industrial de Serviços e Comércio de Caicó – CISCOM. Pleito encampando de pronto por mim e pelo ministro que vai conhecer a área pendente há seis anos com pendências burocráticas e que tudo foi resolvido e o terreno agora tem escritura pública, na gestão do prefeito Dr. Tadeu”, disse Ezequiel.

Outra pauta do encontro foram as obras do Ramal Apodi/Salgado, que levará as águas do Eixo Norte da transposição do Rio São Francisco para municípios do Ceará, Paraíba e da região Oeste do Rio Grande do Norte. O pleito vem sendo defendido pelo goleiro refeito Alan Silveira. A obra está orçada em R$ 1,77 bilhão. Ao todo, 750 mil pessoas em 48 cidades serão beneficiadas. Ezequiel ainda reforçou a importância da conclusão das obras das barragens de Oiticica e de Passagem das Traíras, que estão em andamento.

“Também apresentamos pautas sugestivas na área hídrica, habitação, pavimentação e drenagem de ruas que beneficiará municípios do Seridó, Agreste Potiguar, Mato Grande, Potengi, Central, Oeste e Costa Branca. Estamos recebendo pautas de viários prefeitos em buscas de recursos nessas áreas”, disse o deputado.

...
24
mar
2021

Pode ser uma imagem de texto que diz "24.03.21 -BOLETIM- COVID 384 confirmados 369 recuperados 12 emtratamento 03 óbitos Internados (01naUTI) 28 suspeitos 1134 descartados LAJES PREFEITURA governando para todos"

...
24
mar
2021

Durante sessão ordinária da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte desta terça-feira (23), o horário destinado aos deputados foi pautado pelo debate em torno das ações do Governo do Estado no enfrentamento ao novo coronavírus. O primeiro a tratar do assunto foi Vivaldo Costa (PSD) que saiu em defesa da governadora Fátima Bezerra. Na opinião do parlamentar, as críticas que desqualificam as ações da administração estadual são injustas.

“O Governo Fátima tem sido a favor da vacina, tem sancionado leis que minimizam os efeitos da Covid-19 na economia, tem contratado profissionais da saúde para a linha de frente, dentre tantas decisões que a governadora tem tomado para que possamos sair desse momento tão difícil”, disse

O parlamentar citou uma matéria publicada no Jornal Tribuna do Norte que justifica o ritmo da vacinação no RN, criticada por outros parlamentares durante a sessão. “A matéria da Tribuna do Norte justifica que no RN houve um critério que foi priorizar os servidores da saúde e não só os idosos. E sob liminar judicial isso não aconteceu na Paraíba”, argumentou.

Vivaldo se solidarizou com o deputado Subtenente Eliabe (SDD) que falou sobre a necessidade de vacinar com prioridade os servidores da segurança pública. “Essa é uma classe profissional que merece a nossa defesa e necessita urgente da segurança que a vacina pode trazer para o bom desempenho do trabalho, que é essencial”, cobrou.

Por fim, Vivaldo Costa registrou com alegria a presença do Ministro Rogério Marinho no RN. “Rogério vai visitar na próxima sexta-feira, obras do Governo Federal no Seridó. Tem sido válida e muito importante para o RN a presença do ministro potiguar à frente do Ministério do Desenvolvimento Social”, destacou.

Na sequência o deputado Coronel Azevedo (PSC) voltou a cobrar do Governo do Estado um Plano de Contingência direcionado para os profissionais da Segurança Pública do RN no combate ao novo coronavírus. “Essa é uma guerra avisada. Desde o ano passado que venho cobrando, avisando, pedindo um plano de contingência para os profissionais da segurança pública que, naquela época já corriam o risco de serem infectados com o coronavírus”, lembrou.

Coronel Azevedo lembrou que algumas ações foram tomadas pelo poder legislativo para ajudar a categoria e reforçou que faltaram planejamento e ação do Governo do Estado. “Nós da Assembleia fizemos nossa parte. Doamos álcool, máscaras e cobramos um plano de contingência para esses profissionais que saem de casa e estão sendo infectados. Faltou atuação, faltou cuidado, faltou assistência, faltou prioridade”, cobrou.

Por fim, Coronel Azevedo reiterou o apelo. “Os nossos soldados estão morrendo porque o Governo do Estado não agiu antecipadamente como deveria. Estamos tratando de vida e de paz social, pois são esses profissionais que trabalham para garantir isso”, disse.

Dando sequência ao horário destinado aos deputados, Ubaldo Fernandes (PL) ressaltou a importância e apoio da Pastoral dos Idosos, da igreja católica e dos Conselhos de Idosos na divulgação da Campanha “Vacina é vida”. “A divulgação está acontecendo em todas as mídias da pastoral dos idosos do Estado e tem surtido um efeito espetacular”, destacou.

O parlamentar comentou uma visita que fez aos veículos de comunicação do Seridó, divulgando a campanha que visa reforçar a importância da vacinação para os idosos do nosso Estado. “Que os idosos não acreditem nas fake news, que busquem esse direito tão importante que é a única certeza de imunização contra o novo coronavírus”, comentou.

Ubaldo destacou que aproveitou as visitas para ouvir as reivindicações da população do Seridó. “Foi uma semana muito produtiva. É andando e percorrendo os municípios que a gente vê de perto as necessidades do povo e dos municípios. Já nos colocamos a disposição para buscar soluções para esses problemas”, frisou.

O último deputado a usar o horário foi Gustavo Carvalho (PSDB) que agradeceu a aprovação de alguns projetos de Leis de sua autoria e reforçou que o seu mandato não é radical e sim a favor do que é bom para o RN e para o Brasil. “É preciso destacar que não faço parte de nenhum grupo que radicaliza o Brasil. Até porque sou a favor de tudo que seja bom para o meu Estado e para o meu País”, disse.

Gustavo falou em incoerência do Governo do Estado em cobrar do Governo Federal mais vacina, quando as doses enviadas ainda não foram aplicadas na população potiguar. “O Estado não está tendo competência nem de aplicar as doses de vacinas que foram enviadas. É imoral não se contestar essas coisas. Nós precisamos fiscalizar, vigiar, observar e divulgar o que está errado”, cobrou.

O deputado divulgou que segundo o “Mais Vacina”, o Governo Federal já enviou 470.540 doses de vacinas e até agora só foram aplicadas 232 mil. “Está faltando competência e respostas à população do RN”, concluiu.

...
24
mar
2021

Os deputados da Assembleia Legislativa do RN autorizaram, na manhã desta quarta-feira (24), a prorrogação dos contratos temporários dos professores da educação profissional de ensino na rede estadual. A autorização tem o estado de calamidade pública decorrente da pandemia de Covid-19 como pano de fundo e acontece de forma excepcional. O Projeto de Lei de autoria do Governo do Estado recebeu emenda consensual apresentada pelo deputado Tomba Farias (PSDB) e acordada na reunião de lideranças, fixando o limite de aplicabilidade aos contratos com vencimento nos meses de março, abril, maio e junho deste ano.

“Ou seja, os contratos que estão vencendo, esta Casa autoriza que sejam renovados. Os vencidos a partir de julho, agosto e setembro, acordamos que seja feito processo seletivo”, explicou Tomba Farias.

A pandemia pautou a maior parte das matérias apreciadas durante a votação desta quarta-feira. É o caso do Projeto de Lei apresentado pela deputada Eudiane Macedo (Republicanos). Aprovado, o PL determina, em caráter emergencial, o recebimento remoto de receitas médicas pelas farmácias e drogarias do RN durante a vigência do estado de calamidade pública ou enquanto durarem as medidas de restrições de atividades no contexto da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). “Ele vem para se somar ao decreto em vigência no nosso estado e tem o objetivo de preservar a saúde dos que estão em casa e dos profissionais que precisam estar trabalhando evitando o contato social”, justificou a proponente.

Os deputados ainda referendaram seis ofícios de decreto de calamidade pública dos municípios de Brejinho, Fernando Pedroza, Jandaíra, Martins, Parelhas e Portalegre em decorrência da situação de pandemia pela Covid-19. “Essa matéria tem ampla constitucionalidade na Casa, visto a aprovação no ano passado de diversos decretos de calamidade, refletida em cada lar, cada município”, destacou o deputado Gustavo Carvalho (PSDB), relator das matérias, durante parecer oral. Por fim, foi aprovado o PL de autoria do deputado Gustavo Carvalho que denomina de Gelson Lima da Costa Neto o Centro Estadual de Educação Profissional e Tecnologia do município de Macaíba.

...
22
mar
2021

ezequiel assinando 1 Governo do RN acata sugestões de Ezequiel de socorro ao setor produtivo e famílias de baixa renda

Governo dRio Grande do Norte divulgou no último sábado (20) uma série de medidas que serão adotadas com o objetivo de socorrer o setor produtivo potiguar e as famílias de baixa renda, diante das dificuldades que se avizinham com o aumento das restrições impostas na tentativa de conter o avanço da COVID-19. As ações surgem alinhadas ao que propôs o presidente da Assembleia Legislativa do Estado, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), ao apresentar sugestões ao Executivo neste mesmo sentido.

“Importante reconhecer a sensibilidade do Governo do Estado, que mesmo em meio a uma situação financeira difícil, reconhece a necessidade de estender a mão a classe produtiva e as famílias de baixa renda. Juntos conseguiremos vencer mais este desafio”, disse Ezequiel Ferreira.

Conforme divulgou o Estado, serão investidos na proteção à Economia R$ 56,5 milhões, destinados principalmente a micro e pequenas empresas optantes do SIMPLES Nacional (R$ 45 milhões). Os setores de bares e restaurantes terão R$ 11,5 milhões em isenção das tarifas de água e concessão de crédito via Agência de Fomento (AGN). O Governo também ampliou o Super Refis e prorrogou o pagamento ICMS de março dos setores de bares e restaurantes.

A Proteção Social receberá um volume de investimentos de R$ 36 milhões, sendo R$ 28 milhões de microcrédito para trabalhadores informais e microempreendedores individuais. Eles poderão obter financiamento até o limite de R$ 12 mil, pagando zero de juros. O Governo também irá deixar de cobrar, por 90 dias, as tarifas de água da Caern dos consumidores de baixa renda das tarifas Social e Popular. Serão 20 mil famílias beneficiadas, cerca de 80 mil pessoas. Além disso, ficará suspenso por três meses o corte, por atraso de pagamento, do fornecimento de água desses consumidores. Nesse caso, o benefício é de R$ 1 milhão. O Governo do Rio Grande do Norte também irá distribuir 30 mil cestas básicas, no valor estimado de R$ 2 milhões e irá reservar outros R$ 5 milhões para auxílios a serem definidos.

Outra iniciativa do Governo é o investimento de R$ 2 milhões na confecção de máscaras, que além de proteger a saúde dos trabalhadores, também vai contribuir para a manutenção dos empregos no interior do Rio Grande do Norte uma vez que serão fabricadas pelas oficinas de costuras espalhadas pelo interior do Estado, dentro do programa Pró-Sertão.

...
21
mar
2021

Visualização da imagemO Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente – Idema, por meio do Núcleo de Gestão de Unidades de Conservação (NUC) e da gestão da Área de Proteção Ambiental dos Recifes de Corais (APARC) identificou recentemente a chegada do coral-sol no litoral norte do RN, e está organizando uma série de expedições para remoção da espécie invasora, além do monitoramento, garantindo o controle a fim de evitar a propagação do coral-sol nas áreas que pertencem à APARC.

Com a formação de uma equipe multinstitucional, a ação está sendo viabilizada pelo Programa de Monitoramento Turístico e Ambiental da APARC do Idema, que é executado pela Fundação para o Desenvolvimento Sustentável da Terra Potiguar (Fundep).

“O coral-sol é considerado invasor, uma vez que, ameaça a biodiversidade local, podendo prejudicar a riqueza de espécies nativas e ameaçar as atividades econômicas da região, como pesca e turismo. O intuito das expedições é remover as colônias de coral-sol e manter um monitoramento sistemático e contínuo na área para controle da espécie”, disse a gestora da APARC, Heloisa Brum.

Visualização da imagemDe acordo com a Convenção Sobre Diversidade Biológica (CDB), “espécie exótica” é toda espécie que se encontra fora de sua área de distribuição natural. “Espécie exótica invasora”, por sua vez, é definida como aquela espécie exótica cuja introdução e dispersão ameaça a biodiversidade, incluindo ecossistemas, habitats, comunidades e populações. O coral-sol foi detectado em expedição realizada aos naufrágios da APARC no mês de fevereiro e identificado pela oceanógrafa Erika Beux. Até o presente momento não foram identificadas colônias de coral-sol na área de visitação turística da APARC.

O coordenador do Núcleo de Gestão de Unidades de Conservação (NUC) do Idema, Rafael Laia, comenta que quem mergulha e se depara com o coral-sol embaixo da água fica maravilhado com sua beleza, mas poucos sabem que ele é um invasor que está contaminando o litoral do Brasil. “As espécies possuem diversas estratégias de crescimento e reprodução, além de defesas e ausência de predadores efetivos. Por isso são invasores eficientes, que podem colonizar ambientes e impedir o crescimento de espécies nativas”, disse.

Laia acrescentou, ainda, que o grupo está em alerta e atuando para o controle e erradicação desta espécie na Unidade de Conservação. “O monitoramento ambiental que já ocorre na APARC, irá também fortalecer a rotina para impedir a multiplicação da espécie. Temos uma equipe capacitada para isso”, disse.

Visualização da imagemA equipe técnica está sendo coordenada pelo Prof. Dr. Guilherme Longo (pesquisador do Departamento de Oceanografia e Limnologia da UFRN), e contam também com o coordenador do Monitoramento Ambiental da APARC Tiego Costa e Marcelo Zigmund (mergulhador profissional).

Sobre o coral-sol
As espécies de coral-sol têm facilidade em se estabelecer em substratos artificiais, como as superfícies lisas de plataformas de petróleo e naufrágios. Já foram registradas no Brasil, duas espécies do gênero Tubastraea (Tubastraea coccinea e Tubastraea tagusensis), ambas originárias dos oceanos Pacífico e Índico.

Os registros de coral-sol em águas brasileiras iniciaram no Sudeste, principalmente no RJ na década de 80. A chegada do coral-sol pode ter ocorrido no Brasil através dos cascos e da água de lastro de navios.

No Rio Grande do Norte, existem dois naufrágios na Risca do Zumbi (no limite leste da APARC), com importância histórica: Commandante Pessoa (datado de 1954, encontra-se dentro da APARC, é de 1954), e São Luiz (datado de 1911, encontra-se fora da APARC). Até o presente momento foram encontradas colônias do coral-sol apenas no naufrágio Commandante Pessoa.

...
20
mar
2021

O que é, qual o preço e quais as opções de oxigênio usado para tratar Covid-19 no Ceará? - Metro - Diário do NordesteInfelizmente é uma realidade, a situação preocupa nas últimas horas no Hospital e Maternidade Aluízio Alves, em Lajes. Segundo informações colhidas pelo Blog RC, a principal unidade de saúde da região central, corre o risco de ficar sem oxônio.

A direção da unidade nos disse que a empresa responsável pelo abastecimento informou que passaria ainda hoje para o abastecimento. “Robson, até o momento não faltou, conseguimos emprestados alguns cilindros de municípios vizinhos e a Secretária de Saúde de Lajes deu os cilindros das unidades de saúde”, disse uma representante da APAMI, entidade que administra o hospital.

A situação preocupa pelo fato deste momento o hospital ter pacientes vítimas do COVID-19 que aguarda ser encaminhado para hospitais de referência que realiza atendimento específico do Coronavírus.

O Blog RC vai acompanhar a situação e manter nossos leitores informados.

...
20
mar
2021

Pode ser uma imagem de em pé e estradaUma ação louvável por parte do executivo municipal foi a contratação de um caminhão para coletar o lixo na cidade. Sempre foi algo muito importante e faz parte do projeto do deputado federal Benes Leocádio destinar recursos para que a Prefeitura possa adquirir o caminhão.

O Prefeito Felipe Menezes tomou a iniciativa de contratar, mesmo que por um curto período, o veiculo que dá mais dignidade aos servidores da coleta de lixo, além de proporcionar uma melhor organização por parte da Secretaria de Obras e mais agilidade no serviço.

Uma cidade com o porte de Lajes precisa de iniciativas inovadoras que apresente resultados imediatos para o seu desenvolvimento.

...
20
mar
2021

Pode ser uma imagem de mapa e texto que diz "Zona Segura (R 1,00) Zona Neutra 1,00 RE 1,03) Zona de Risco 1.0 2,00) Zona de Perigo (RE 2,00) Lajes R(t) de 20 Coronavírus LAIS retifica valor da taxa de transmissibilidade do município de Lajes o Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LAIS/UFRN) ea Secretaria Municipal de..."O Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde da Univerdade Federal do Rio Grande do Norte (LAIS/UFRN) e a Secretaria Municipal de Saúde de Lajes retificam os dados referentes à taxa de transmissibilidade referente ao município em questão.

O caso ocorreu após uma atualização da tecnologia utilizada para extrair os dados do Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap/RN), o que gerou uma inconsistência no valor da taxa de transmissibilidade, divulgada de maneira equivocada com o valor de 7.97. Após identificarmos o erro, o cálculo foi refeito e indicou uma taxa de transmissibilidade de 1.20 para o município de Lajes.

Tão logo identificado o problema, o LAIS/UFRN, em parceria com a SMS/Lajes, refez o cálculo da R(t) do referido município. O valor atualizado já consta na plataforma CoronavírusRN.

...