02
out
2018

Pela primeira vez, desde o inicio das publicações de pesquisas de opinião pública, o candidato Benes aparece em primeiro lugar na intenção de votos.

Benes Leocádio  3,12%, José Agripino 2,71%, Fernando Mineiro 2,47%, Walter Alves 2,41% e João Maia 2,24% e Fábio Faria 1,71%.

Também aparecem: Beto Rosado 1,59%, Rafael Motta 1,53%, Natália Bonavides 1,18%, Carla Dickson 1% e Rogério Marinho 1%.

A pesquisa foi realizada de entre os dias 26 e 29 de setembro, com 1.700 entrevistas, em todas as 12 regiões do Estado. Sua margem de erro é 2,3% e o intervalo de confiança de 95%, o que significa que a cada 100 resultados, 95 deles estarão dentro da margem de erro. O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob os protocolos RN-06487/2018 e BR-05180/2018.

...
02
out
2018

De acordo com o Instituto Consult os nomes mais votados para deputado estadual são:

Ezequiel Ferreira lidera com 2,53%. Depois: Tomba 2,12%, Nélter Queiroz 1,65%, Getúlio Rego 1,53%,  Larissa Rosado 1,41%, Raimundo Fernandes 1,35%, Ivan Júnior, 1,29%, Teresinha Maia 1,24%, George Soares, Márcia Maia e Doutor Bernardo, todos os três com 1,06% e  Gorete Silveira com 1%.

Foram os nomes mais citados com até 1%.

43 % não decidiram em quem votar.

D\'eliene
...
02
out
2018

Apesar do comparecimento a um local de votação nas eleições ou justificativa de ausência ser obrigatório no Brasil, o eleitor é livre para escolher ou não um candidato, já que tem opção de votar em branco ou nulo.

De acordo com o professor especialista em direito eleitoral Daniel Falcão, votos nulos, assim como os brancos, não são computados como válidos e não são contabilizados em um resultado eleitoral. Portanto, não causam o cancelamento de um pleito.

Para defensores da campanha do voto nulo, o Artigo 224 do Código Eleitoral prevê a necessidade de marcação de nova eleição se a nulidade atingir mais de metade dos votos do país. Segundo Falcão, o grande equívoco dessa teoria está no que se identifica como “nulidade”.

Fonte: Robson Pires

...
02
out
2018

A candidata a deputada estadual Terezinha Maia apareceu na pesquisa divulgada hoje pelo Instituto Consult entre as dez melhores posições para ocupar uma cadeira na assembleia legislativa do Rio Grande do Norte nas eleições deste ano.

...
02
out
2018

Parece que todos os institutos resolveram passar por Lajes, na realização de pesquisas para intenção de votos.

Só nesta quinta a cidade foi invadida por equipes uniformizadas, visitando residências e questionando sobre a opinião do cidadão no voto para domingo.

...
01
out
2018

A comarca de Lajes, que compõe as cidade de Pedra Preta, Caiçara do Rio do Vento e Pedro Avelino, contará com a presença de tropas federais. O reforço para o domingo, foi uma solicitação da Dra. Gabriella Marques, que foi atendido pelo Tribunal Superior Eleitoral.

Além de tropas federais, a comarca terá reforço com a Policia Militar, Policia Civil, Policia Federal e Polícia Rodoviária Federal.

...
01
out
2018

As Escolas Municipais e Estaduais de Lajes, assim como em Caiçara do Rio do Vento, Pedra Preta e Pedro Avelino, serão entregues para o comando da Justiça Eleitoral ao meio dia desta sexta, 5.

Em Lajes, os pontos de votação são nas escolas Dr. Eloy de Souza, Pedro II, EFFOC, Monsenhor Vicente e Marta Bezerra.

O Blog do RC trará cobertura completa das eleições no domingo, dia 7, durante todo o dia, até o final da apuração.

...
01
out
2018

O Ministério Público Federal (MPF) enviou uma recomendação aos postos de gasolina e ao Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado do Rio Grande do Norte (Sindipostos/RN). O objetivo é fiscalizar a venda de combustíveis para os candidatos que estão participando das Eleições 2018 e evitar, por exemplo, o uso da verba de campanha para compra de votos.

De acordo com a recomendação, todas as aquisições deverão ser formalizadas através de “contrato com o posto revendedor ou de venda com emissão de nota fiscal em que fique registrada a identificação do candidato, com o número do seu CNPJ de campanha e a referência do cheque de campanha utilizado para o seu pagamento”. O documento também alerta que esse processo não deve interferir no atendimento dos demais clientes, muito menos haver .

A Lei das Eleições (9.504/97) aponta que a distribuição gratuita e desmedida de bens ou valores (incluídos aí os combustíveis) em período eleitoral pode configurar crime de compra de votos (art. 299 do Código Eleitoral). A prática pode resultar também em representação por captação ilícita de sufrágio, podendo levar, inclusive, à cassação do registro ou do diploma do candidato envolvido e à aplicação de multa.

O cidadão que souber de irregularidades envolvendo qualquer conduta vedada no período eleitoral pode denunciar o caso através da Justiça Eleitoral, com o aplicativo Pardal, ou ao Ministério Público Eleitoral, pela Sala de Atendimento ao Cidadão.

...
01
out
2018

Começou nesta segunda-feira (1º) o prazo para deputados e senadores proporem emendas ao Orçamento de 2019, indicando a destinação de recursos para suas bases eleitorais.

Apesar do período eleitoral, eles têm até o dia 20 deste mês para acessarem o sistema online do Congresso Nacional determinando para que ações, obras ou serviço público o dinheiro será direcionado. Cada parlamentar tem direito a propor até R$ 15,4 milhões, distribuídos em no máximo 25 emendas individuais.

...
01
out
2018

Na tarde deste domingo, diversos jovens se reuniram na famosa “Tamarineira” de Lajes. O ato foi organizado e idealizado por estudantes que através das redes sociais convocaram os participantes.

O evento foi bem interessante, com a cara e o jeito da juventude: falas, roda de conversa e muita animação ao modo deles. Dentro do evento, foi feito o convite para outro que acontecerá próxima sexta, 5, pelas duas da cidade.

...
Página 5 de 527« Primeira...34567...102030...Última »