Sistema Faern/Senar, instituição parceira de quem vive do campo no RN

Seja na assistência técnica, na formação profissional e de novas lideranças ou no cuidado à saúde da mulher e do homem em suas comunidades, o sistema FAERN/SENAR faz toda a diferença na vida de milhares de pessoas no campo. Ligados à Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), a Federação da Agricultura, Pecuária e Pesca do Rio Grande do Norte e seu braço educacional, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, caminham juntos na missão de promover o desenvolvimento rural.

Em permanente sintonia com os sindicatos rurais filiados e parcerias com entes como o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Sebrae e prefeituras dos municípios potiguares, o sistema FAERN/SENAR é responsável por resultados efetivos no campo. Somente no ano passado foram realizados 542 cursos de Formação Profissional Rural e 88 de Promoção Social, beneficiando mais de 8.500 produtores rurais. Comparado com 2016, houve um aumento de 105 cursos e também no portfólio da entidade.

O convênio da bovinocultura de leite entre SENAR/RN e o Ministério da Agricultura, por exemplo, beneficiou mais de 400 produtores rurais de 22 municípios do estado, entre os meses de setembro de 2016 e fevereiro de 2017. Além de um de Curso de Gestão de Empreendimentos Rurais de 40 horas, os produtores participaram de oficinas de oito horas sobre Conservação de Forragem, Manejo Reprodutivo, Práticas Sanitárias, Controle Zootécnico, Ordenha Higiênica e Manejo Alimentar.

“Este ano, o convênio recomeça com toda a força e o resultado é uma produção e produtividade crescentes nas propriedades atendidas”, afirma o presidente o sistema FAERN/SENAR, José Vieira.
Outro convênio entre SENAR/RN e o Ministério da Agricultura, focado no fortalecimento da cajucultura do RN, com duração de um ano, vai beneficiar cerca de 340 produtores rurais em 17 municípios do estado, tendo início em abril. Além de um de Curso de Manejo e Gestão da Cajucultura de 100 horas, os produtores receberão assistência técnica continuada, para apoio do plantio à comercialização.

Fonte: AgoraRN



Deixe seu comentário

%%%%%%%%%%%%%%%%%%