NA SERRA DO FEITICEIRO, dezenas de pessoas prestigiam o 3 de Maio

Não podia ser diferente, a Serra do Feiticeiro mantém a sua tradição centenária com a visitação de dezenas de pessoas na Capela conhecida por “Capela da Divina Santa Cruz”, construída praticamente no ponto mais alto da serra bem próximo ao local onde foi encontrado o corpo de uma criança conhecida por José Alexandrino sofreu um trágico acidente.

O dia é de receber lajenses, muitos lajenses que se organizam em grupos e até em cavalgadas percorrendo kilometros da zona rural, além de visitantes de cidades vizinhas como Caiçara, cidadãos de Apodi, de Currais Novos, São Tomé, Mossoró, Natal, São Gonçalo e Parnamirim.

Durante a nossa permanência na Capela, conhecemos uma senhora por nome de Maria Genésio, natural da cidade de Araruna, estado da Paraíba, 68 anos. Dona Maria nos contou da sua fé, afirmando que essa é uma das poucas viagens que realiza durante todo o ano, justamente para vim até Lajes visitar o local que para ela tem um grande significado em sua vida.

Por lá, Dona Maria Genésio acendeu velas, fez orações e disse em tom de brincadeira que só se sentirá idosa quando não conseguir mais subir os quase 600 metros.

Nossa equipe esteve também companhando o vereador Mael Querino que todos os anos faz questão de participar do momento, além do empresário Márcio Nunes, o coordenador de meio ambiente do município Cicero e o amigo Edcley Gustavo, todos com muito entusiasmo e força para ir até a capela.

O Secretário de Turismo, César Militão e o vice-prefeito Marcão, acompanhados das equipe das secretária de agricultura e os Trilheiros da Caatinga estiveram presentes no local até o inicio da tarde. A prefeitura de Lajes forneceu estrutura com uma ambulância e a distribuição de panfletos que fala sobre a importância do dia para o Município.





Deixe seu comentário

%%%%%%%%%%%%%%%%%%