Robson Cabugi

Reservatórios de médio e pequeno porte começam a receber recarga hídrica no RN

 

Governo do Estado do Rio Grande do Norte, por meio do Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn), monitora os 47 reservatórios, com capacidades superiores a 5 milhões de metros cúbicos, responsáveis pelo abastecimento das cidades potiguares. O Relatório do Volume dos Principais Reservatórios Estaduais, divulgado nesta quinta-feira (11), indica que reservatórios de médio porte começaram a receber recarga decorrente das chuvas que começaram a ocorrer pelo interior do Estado.

Um dos reservatórios já começou a receber recarga é o açude Carnaúba, localizado em São João do Sabugi, que acumula 10.750.360 m³, correspondentes a 41,81% da sua capacidade total, que é de 25.710.900 m³. No último relatório, lançado no dia 11 de fevereiro, o reservatório estava com 10.001.140 m³, o equivalente a 38,90% do seu volume total.

Também em São João do Sabugi, o reservatório Sabugi recebeu recarga, acumula atualmente 19.686.905 m³, equivalentes a 31,84% da sua capacidade total. No último relatório, o manancial estava com 19.318.368 m³, correspondentes a 31,24% do seu volume total.

O açude Jesus Maria José, localizado em Tenente Ananias, também recebeu aporte hídrico, acumula 1.828.345 m³, correspondentes a 18,97% da sua capacidade. No relatório do dia 12 de fevereiro, o reservatório estava com 1.730.863 m³, equivalentes a 17,96% do seu volume total.

O reservatório Santana, localizado em Rafael Fernandes, acumula atualmente 5.086.667 m³, equivalentes a 72,67% da sua capacidade total, que é de 7.000.000 m³. No relatório anterior ele estava com 5.040.000 m³, correspondentes a 72%.

As reservas hídricas superficiais totais do RN, que são o somatório dos volumes de aportes dos 47 reservatórios monitorados pelo Igarn, acumulam 1.847.667.072 m³, que correspondem a 42,21% da capacidade total do Estado, que é de 4.376.444.842 m³. Em comparativo com o último relatório, o volume geral ainda permanece em queda, dia 12 de fevereiro o acumulado geral era de 1.852.570.178 m³, equivalentes a 42,33% da capacidade total do RN.

A barragem Armando Ribeiro Gonçalves, maior reservatório do RN, acumula 1.208.479.237 m³, correspondentes a 50,92% da sua capacidade total, que é de 2.373.066.510 m³. Em comparativo com o último relatório, o manancial acumulava 1.210.736.386 m³, equivalentes a 51,02% do seu volume total.

Já Santa Cruz do Apodi, segundo maior reservatório do Estado, acumula 162.751.240 m³, correspondentes a 27,14% da sua capacidade total, que é de 599.712.000 m³. No último relatório o manancial estava com 163.794.460 m³, correspondentes a 27,31% do seu volume total.

A barragem Umari, localizada em Upanema, acumula 203.706.057 m³, correspondentes a 69,57% da sua capacidade total, que é de 292.813.650 m³. No dia 11 de fevereiro ela estava com 205.186.974 m³, equivalentes a 70,07% do seu volume total.

O reservatório Apanha Peixe, localizado em Caraúbas, acumula 7.733.333 m³, correspondentes a 77,33% da sua capacidade total, que é de 10 milhões de metros cúbicos. Em comparativo com o último relatório ele acumulava 7.766.667 m³, equivalentes a 77,67% do seu volume total.

Os reservatórios monitorados pelo Igarn, que estão com volumes inferiores a 10%, portanto, considerados em nível de alerta, são: Zangarelhas, localizado em Jardim do Seridó, com 6,57%; Flechas, localizado em José da Penha, com 4,71%; Itans, localizado em Caicó, com 4,41% e Esguicho, localizado em Ouro Branco, com 0,52%. Passagem das Traíras continua em reforma, não podendo acumular grande quantidade de água.

Os reservatórios monitorados pelo Igarn que permanecem secos são: Inharé, localizado em Santa Cruz, e Trairi, localizado em Tangará.

Situação das Lagoas

  • A lagoa de Extremoz, responsável pelo abastecimento de parte da zona norte de Natal, está com 10.109.444 m³, correspondentes a 91,74% da sua capacidade total, que é de 11.019.525 m³.
  • Já a lagoa do Bonfim, localizada em Nísia Floresta, que fornece água para a adutora Monsenhor Expedito, acumula 41.914.670 m³, equivalentes a 49,74% da sua capacidade total, que é de 84.268.200 m³.
  • A lagoa do Boqueirão, localizada em Touros, acumula 9.331.970 m³, correspondentes a 84,26% da sua capacidade total, que é de 11.074.800 m³.


Deixe seu comentário

%%%%%%%%%%%%%%%%%%