Assembleia Legislativa prestará homenagem póstuma ao ex-deputado Manoel Torres nesta sexta (02)

Sua liderança política, atuação e reconhecimento ultrapassaram as fronteiras do Seridó e caso estivesse vivo, o ex-deputado estadual e ex-prefeito de Caicó, Manoel Torres, teria completado 100 anos no dia 15 de fevereiro.

Para marcar a data, a Assembleia Legislativa irá promover uma sessão solene, evento que acontecerá no dia 02 de março, por iniciativa do deputado Gustavo Carvalho (PSDB).

Prefeito de Caicó por dois mandatos (1973-1977 e 1989-1992), vice-prefeito uma, deputado estadual em quatro legislaturas e suplente de senador, era respeitado até pelos adversários.

O ex-deputado nasceu em 1918, no sítio Clemente, município de Timbaúba dos Batistas, quando o sítio ainda pertencia ao território de Caicó. Faleceu aos 93 anos e era filho do casal Paulino Batista Pereira Torres e Maria Marcolina de Oliveira Torres. Casou-se com Dona Oscarina, com quem viveu mais de 50 anos, construindo uma família com seis filhos, 13 netos e 18 bisnetos.

Como empresário, sua trajetória foi marcada por um comércio de automóveis e peças, através da conhecida Santorres Comércio S/A, e por ter sido fundador da Algadoeira Seridó Comércio e Indústria S/A – ALSECOSA, que chegou a ser uma das maiores empresas do mercado do algodão.

Na sua vida pública, Manoel Torres participou da Cruzada da Esperança em 1960, apoiando Aluízio Alves e Monsenhor Walfredo Gurgel.

Capacitismo - entre materias


Deixe seu comentário

%%%%%%%%%%%%%%%%%%