Conjunto Eólico Santo Agostinho finaliza etapa de concretagem de bases de aerogeradores

Ao total, foram utilizados 35.000 m³ de concreto e 4.270 toneladas de aço para finalizar as concretagens das 70 bases de aerogeradores nas cidades de Lajes e Pedro Avelino.

Lajes (RN) – O Conjunto Eólico Santo Agostinho, da ENGIE Brasil Energia, concluiu, no começo de maio, a concretagem das duas últimas bases dos 70 aerogeradores do empreendimento. O momento é importante e simbólico, pois marca a conclusão de uma das etapas fundamentais da obra. As bases foram concretadas em cerca de 6 meses, sem registros de acidentes graves e mantendo rigorosa política de respeito e preservação do meio ambiente. A chegada dos primeiros componentes das torres dos aerogeradores está prevista para ocorrer nos próximos meses.

De forma inédita em Santo Agostinho, as duas últimas concretagens ocorreram simultaneamente, em apenas um dia, com mais de 1.000 m³ de concreto aplicados em um único turno. Ao total, foram utilizados 35.000 m³ de concreto e 4.270 toneladas de aço para conclusão das 70 bases dos aerogeradores, desde a primeira concretagem, realizada no dia 08 de dezembro de 2021.

Centenas de colaboradores, das mais diversas áreas de atuação, com ênfase aos da construção civil e meio ambiente, contribuíram para que as fundações das torres fossem finalizadas de acordo com planejamento estratégico e de segurança da obra.

De acordo com o Gerente de Implantação do Conjunto Eólico Santo Agostinho, Giuliano Pasquali, a finalização das concretagens representa responsabilidade, compromisso e profissionalismo da equipe de implantação do CESA em contribuir com a oferta de energia limpa e sustentável no País. “A conclusão das concretagens é um dos principais marcos das obras civis. Em seis meses, lançamos mais de 35 mil m³ de concreto e ultrapassamos 1.000.000 de horas homens trabalhadas sem nenhum acidente com afastamento. Isso só demonstra todo o nosso comprometimento com o desenvolvimento energético sustentável do Brasil”, afirmou Pasquali.



Deixe seu comentário

%%%%%%%%%%%%%%%%%%