DEMAGOGO e HIPÓCRITA… Deputado Kelps se iguala aos Políticos Profissionais do RN

Muito simpático, democrata, comunicativo e aberto ao diálogo. Foi assim que Kelps Lima sempre se apresentou e se apresenta para população do RN. Confesso aos amigos e amigas leitores do Blog do RC que virei um admirador de suas práticas, e até cogitei assinar filiação ao seu Partido, o Solidariedade.

No entanto, fiquei decepcionado com a sua atitude nesta semana quando anunciou que a empresária Priscila Müller, não teria espaço dentro da legenda para disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa do RN. Conheci Priscila faz alguns meses, uma mulher muito determinada e comprometida com causas especiais e de minorias em nosso estado. Todas as suas atividades são bem avaliadas por lideranças e o seu nome ganhou o Rio Grande do Norte, tornou o grupo forte e com crescimento nunca visto.

Bem, o deputado Kelps, através do pai de Priscila, o ex-prefeito de Caiçara do Rio do Vento, Felipe Müller, conseguiu trazer a jovem empresária para legenda, e as garantias eram de que ela podia trabalhar e fortalecer a base do Partido apresentado o seu nome para ajudar no desempenho nestas eleições de 2018, inclusive com o pensamento de que não só Priscila, mas muitas lideranças, em todas as regiões do estado, iriam ter a mesma oportunidade para formar uma legenda e eleger o maior número possível de representantes para o Legislativo do RN.

O deputado Kelps publicou um conteúdo afirmando que existia um acordo para que o irmão de Priscila, prefeito de Caiçara do Rio do Vento, assinasse filiação no Solidariedade, inclusive dando um prazo para que Felipe estivesse com a irmã na legenda. Como Felipe não se filiou, a executiva do Partido se reuniu, analisou a situação e achou por bem, decidir que Priscila não teria mais espaço na legenda.

Sem muitas delongas, o deputado Kelps pode até dizer que é coerente e faz política com seriedade e democracia, mas não vai conseguir tirar da sociedade que ele provou a sua hipocrisia e demagogia em fazer discursos e ter práticas diferentes de suas palavras. Kelps deixa bem claro que é igualzinho aos políticos profissionais do Rio Grande do Norte.

Não é possível que com tudo que a sociedade vem testemunhando com tantos atos ilícitos de corrupção, ainda tenha que ver também, na cara de pau, um parlamentar usar do Poder em mandar em um Partido com claras intenções de proteção pessoal e simplesmente, por causa de uma filiação de um parente da pré-candidata, expulsa-la da legenda.

Priscila Müller se pronunciou sobre o caso, ficou revoltada com o ato de Kelps, classificou como traição, porém, se mantém firme no projeto e acredita que agora a população do Rio Grande do Norte passará a conhecer bem melhor o seu projeto e proposta para representar a população.



Deixe seu comentário

%%%%%%%%%%%%%%%%%%