ENGIE doa kits escolares para estudantes do EEFOC, em Lajes

A doação tem o objetivo de estimular a permanência dos estudantes em sala de aula, possibilitando condições mínimas de aprendizagem com garantia de material escolar aos alunos.

Lajes – O Conjunto Eólico Santo Agostinho, da ENGIE Brasil Energia, doou 208 kits escolares, composto por 12 itens cada, para todos os estudantes dos turnos matutino, vespertino e noturno da Escola Estadual Francisco de Oliveira Cabral (EEFOC), localizada na cidade de Lajes. Os kits foram distribuídos na última quinta-feira (21), reunindo alunos, pais e professores. A ação foi realizada em resposta à solicitação da escola via Ouvidoria do empreendimento.

Os kits escolares são compostos por mochila, caderno, bolsa para lápis, garrafa para água, tesoura, cola, lapiseira, lápis grafite, caneta, régua e borracha, e visam atender às necessidades básicas dos estudantes. Todos os estudantes matriculados no EEFOC foram contemplados com os kits escolares.

De acordo com o gerente de implantação do Conjunto Eólico Santo Agostinho, Giuliano Pasquali, a doação dos kits escolares é mais uma contribuição do empreendimento com a educação da região, que se soma às doações já realizadas de tablets para Lajes e Pedro Avelino, a reforma da sede comunitária de Firmamento e outras que virão no futuro. “Investir em educação é a única forma de transformar realidades, sejam pessoais ou da comunidade como um todo. Acreditamos que ações como essa são importantes para ajudar a estimular a permanência na escola e melhorar o aprendizado em sala de aula”, disse Pasquali.

O diretor da escola EEFOC, Marcílio Moreira, destacou que os kits escolares vão ajudar a inúmeras crianças e adolescentes de Lajes. “Temos um público escolar onde a maioria é de famílias carentes. Alguns pais nos procuram e dizem que não conseguem mandar seus filhos para escola porque não tem material. Nós procuramos resolver esse problema, mas não conseguimos atender a todos. Só temos a agradecer a empresa pela ação que beneficiou a todos os estudantes, pois reflete na melhoria da qualidade do ensino e também eleva a autoestima dos alunos”, concluiu o diretor.



Deixe seu comentário

%%%%%%%%%%%%%%%%%%