Inflação do Brasil fecha 2023 a 4,62%, diz IBGE

A inflação oficial do Brasil fechou 2023 a 4,62%, o menor nível anual desde 2020. A taxa é medida pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo). O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgou o resultado nesta quarta-feira (10).

A inflação também fechou dentro do intervalo permitido pela meta de inflação, que era de 3,25% em 2023 com tolerância de até 4,75%. A última vez que a taxa global ficou dentro do permitido foi há 3 anos, em 2020. Superou o teto da meta em 2021 e em 2022.

O IPCA encerrou o ano abaixo dos 5,79% registrados em 2022. Foi pressionado em 2023 principalmente pelo grupo de Transportes, que avançou 7,14%, mas o grupo de Alimentação e bebidas teve alta modesta de 1,03% e contribuiu para a taxa mais baixa.

A gasolina encareceu 12,09% em 2023 e foi o subitem que teve o maior peso entre os 377 pesquisados pelo IBGE. Teve impacto de 0,56 ponto percentual. A deflação da alimentação de domicílio recuou 0,52% em 2023 e segurou a taxa anual.

META & INFLAÇÃO

A taxa anualizada ficou acima de 4,75% em 4 dos 12 meses de 2023: janeiro (5,77%), fevereiro (5,60%), setembro (5,19%) e outubro (4,82%).



Deixe seu comentário

%%%%%%%%%%%%%%%%%%