05
jun
2022

Veja toda a situação em que se encontra a Delegacia de Policia de Lajes onde a Policia Civil foi retirada da estrutura ficando sem condições básicas para trabalhar na cidade.

Confira tudo no vídeo.

...
05
jun
2022

Imagens de Cicero Lajes

...
04
abr
2022

Um incêndio de grande proporção na madrugada deste sábado para domingo destruiu  a unidade da Fratelle Estofados, que fica localizada no bairro Alto da Beleza, em Lajes.

O Blog RC apurou algumas informações. O incêndio teve início por volta das 23h do sábado entrando pela madrugada do domingo. O fogo tomou conta da estrutura em poucos minutos, nada, além das paredes, sobrou.

Ainda, segundo informações, não se tem ideia das causas do incêndio que deixou um prejuízo enorme aos proprietários.

📷 Cedida

...
04
abr
2022

O deputado federal lajense, Benes Leocádio, assinou filiação no União Brasil, legenda que nasceu através da fusão dos partidos DEM e PSL. Durante o evento de filiação de Benes e mais algumas lideranças politicas no Rio Grande do Norte, o parlamentar falou sobre a sua trajetória política e seu trabalho, hoje como deputado federal.

“Começo a escrever um novo capítulo em minha trajetória política, ciente da responsabilidade e da missão que desempenho. Faço política construindo amizades. E hoje, recebi mais uma demonstração de apoio de tantos amigos, de diferentes municípios, que se fizeram presentes nesse ato de filiação. Obrigado, a cada um, prefeitos, vereadores e lideranças pelo incentivo e parceria de sempre”, disse Leocádio.

Benes agradeço pela acolhida de José Agripino, do vereador Paulinho Freire, a deputada federal Carla Dickson e dos demais filiados que reforçam a sigla no RN.

...
04
abr
2022

Cerca de 320 mil trabalhadores que não sacaram o abono salarial de 2019 já podem pedir a retirada dos valores. O prazo começou na última quinta-feira (31). Originalmente, o prazo começaria em 8 de fevereiro, mas foi adiado pelo Ministério da Previdência e Trabalho.

O abono referente aos meses trabalhados em 2019 poderá ser pedido presencialmente, por telefone, por aplicativo ou por e-mail. Segundo o ministério, R$ 208,5 milhões foram esquecidos por 320.423 trabalhadores que deveriam ter feito o saque até 30 de junho de 2021.

Quem optar pelo saque presencial deve ir a uma das unidades de atendimento do Ministério do Trabalho e Previdência para pedir a abertura de recurso administrativo para reenvio do valor à Caixa Econômica Federal, no caso do Programa de Integração Social (PIS), ou ao Banco do Brasil, no caso do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep).

O pedido também pode ser feito pela central Alô Trabalhador, no telefone 158. Também é possível fazer o procedimento, por e-mail, enviando o pedido de recurso administrativo para o endereço [email protected] As letras “uf” devem ser trocadas pela sigla do estado onde o trabalhador habita.

Por fim, o pedido pode ser realizado pelo aplicativo Carteira de Trabalho Digital, disponível para os celulares dos sistemas Android e iOS. O ministério recomenda ao trabalhador atualizar o aplicativo para que possa verificar se tem direito ao benefício, o valor do abono, a data de saque e o banco para recebimento. O Portal Gov.br, também fornecerá essas informações.

Quem tem direito

Tem direito ao benefício o trabalhador inscrito no PIS/Pasep há, pelo menos, cinco anos, e que tenha trabalhado formalmente por, no mínimo, 30 dias no ano-base considerado para a apuração, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. Também é necessário que os dados tenham sido informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

O valor do abono é proporcional ao período em que o empregado trabalhou com carteira assinada em 2020. Cada mês trabalhado equivale a um benefício de R$ 101, com períodos iguais ou superiores a 15 dias contados como mês cheio. Quem trabalhou 12 meses com carteira assinada receberá o salário mínimo cheio, que atualmente é de R$ 1.212.

O benefício não é pago aos empregados domésticos. Isso porque o abono salarial exige vínculo empregatício com uma empresa, não com outra pessoa física. Jovens aprendizes também não têm direito.

...
30
mar
2022

Bandidos entraram na cidade na madrugada desta quarta-feira, 30, por volta de 1h30min e iniciaram uma ação de terror e destruição pela cidade com foco na agência do Banco do Brasil , centro comercial de Lajes.

Segundo informações colhidas pelo Blog RC, mais de vinte homens estavam na operação espalhados por pontos estratégicos como as principais entradas da cidade e acesso para outros municípios, além de um ataque na delegacia de polícia.

Toda a cobertura deste acontecimento você pode conferir em nossas redes sociais no Facebook, Instagram e Whatsaap.

...
29
mar
2022

A Assembleia Legislativa do RN aprovou, à unanimidade, na manhã desta terça-feira (29), o reajuste salarial dos cargos públicos de provimento efetivo de professor e dos especialistas em educação. A proposta reajusta os vencimentos básicos atribuídos aos titulares dos cargos públicos de provimento efetivo de Professor e de Especialista de Educação, do quadro funcional do Magistério Público Estadual, disciplinados pela Lei Complementar Estadual nº 322, de 11 de janeiro de 2006, com efeitos financeiros retroativos a 1º de janeiro de 2022, em cumprimento à Portaria nº 67, de 4 de fevereiro de 2022, do Ministério da Educação, referente à atualização do valor do piso salarial nacional dos profissionais do magistério da educação básica pública no percentual de 33,24% e será paritário para professores da ativa, aposentados e pensionistas.Durante a discussão da matéria, os deputados destacaram as alterações apresentadas durante as comissões permanentes da Casa e encartadas ao texto original em forma de duas emendas com o intuito de melhorar a proposta original encaminhada pelo Governo do Estado. José Dias (PSDB), Subtenente Eliabe (SDD), Nelter Queiroz (MDB) e Getúlio Rêgo (DEM) criticaram o texto original enviado à Casa e também a demora para a implementação do reajuste.“Imaginávamos que o Rio Grande do Norte seria o primeiro, ou um dos primeiros estados a implementar o reajuste dos professores”, disse o deputado Coronel Azevedo (PSC), fazendo referência à participação da atual chefe do Executivo no Sindicato dos Trabalhadores em Educação. Gustavo Carvalho (PSDB) e Tomba Farias (PSDB) também participaram do debate. Líder do governo na Casa, o deputado Francisco do PT, destacou que a proposta contempla o acordo consensual entre o Executivo e a categoria. Isolda Dantas (PT) apontou um “processo construído a muitas mãos”. Hermano Morais (PSB) ponderou que o reajuste concedido pelo Governo Federal “não tem sido fácil para alguns municípios, grandes e pequenos” e apelou para uma busca pelo entendimento entre gestores e a categoria.Outras duas matérias também foram aprovadas durante a sessão desta terça-feira. A primeira é o projeto de lei que altera a lei complementar estadual nº 601, de 7 de agosto de 2017, e instituiu o Código Estadual de Segurança contra Incêndio e Pânico (CESIP) do Rio Grande do Norte; a lei complementar estadual nº 247, de 19 de dezembro de 2002, que criou o Fundo Especial de Reaparelhamento do Corpo de Bombeiros Militar do RN (Funrebom); a lei complementar estadual nº 230, de 22 de março de 2002, que fixou o efetivo do Corpo de Bombeiros Militar do RN, de autoria do Governo do Estado. “Esse projeto é fruto de um acordo e não cria despesas. O fundo se baseia no que já existe atualmente e que já vem sendo cobrado”, destacou o deputado Francisco do PT.Por fim, os deputados aprovaram a matéria de autoria da deputada Isolda Dantas (PT), que dispõe sobre a garantia de espaços públicos destinados à instalação e funcionamento de circos, trupes, associações artísticas itinerantes garantindo o acesso de seus integrantes às redes de saúde, educação e segurança no RN.

...
28
mar
2022

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) retomou nesta segunda-feira (28) as aulas presenciais depois de dois anos. As aulas haviam sido suspensas em 17 de março de 2020 em função da pandemia da Covid.

Entre as medidas preventivas para esse retorno está a exigência do comprovante vacinal contra a Covid por parte de alunos, professores e demais servidores. A decisão foi aprovada a em dezembro do ano passado por unanimidade dos Colegiados Superiores, condicionando quem quiser ter acesso às dependências da instituição à vacinação.

“Todas as pessoas que vão circular na UFRN precisam estar vacinadas e precisam comprovar essa vacinação”, reforçou a pró-reitora adjunta de graduação, Elda Melo em entrevista ao Bom Dia RN. Quando precisou suspender as atividades presenciais em 2020, a UFRN não parou com as aulas, mas as adaptou ao formato remoto, que estava sendo utilizado até este último momento.

“Estamos retomando hoje, embora não tenhamos parado em nenhum momento, ficamos no formato remoto. Mas hoje é o dia que os servidores, técnicos, professores e alunos estarão de volta à universidade no formato presencial”, pontuou a pró-reitora Elda Melo.

Ao todo, segundo ela, são cerca de 30 mil alunos apenas nas graduações. “É um dia muito importante, nós vemos muitos alunos que entraram na faculdade, estão cursando, mas nunca vieram aqui no campus”. Segundo a UFRN, para esse retorno também houve a criação do auxílio para aquisição de equipamentos de proteção individual (EPIs).

G1RN

...
25
mar
2022

Nasceu no Hospital e Maternidade Aluízio Alves a primeira criança após reabertura do Centro Obstétrico da unidade. O pequeno Alef Benício, filho de Maria Ionice. O parto natural foi conduzido pela equipe do plantão: Dr Ricardo Almeida, Enfermeira Marcia Suassuna e Técnicas em enfermagem Rosário e Hiolanda.

A APAMI, em comunicado feito pela rede social instagram falou que a mamãe e o bebê permanecem no alojamento conjunto recebendo toda a assistência necessária.

“Ao pequeno Allef Benício, muita saúde e alegria nessa vida regados de muito tetê e colinho da mamãe, e a Ionice os nossos parabéns, o seu filho é lindo. Um parabéns especial a nossos profissionais! O melhor do nosso hospital são as pessoas que trabalham nele”, declarou a direção da APAMI.

📷 Fotos autorizadas pela mamãe Maria Ionice

...
25
mar
2022

No horário destinado aos líderes, na sessão ordinária da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, nesta quinta-feira (24), falaram os deputados estaduais Tomba Farias (PSDB), Nelter Queiroz (MDB), Getúlio Rêgo (DEM), Ubaldo Fernandes (PL), Coronel Azevedo (PSC) e Francisco do PT. Entre os pronunciamentos, destacaram-se matérias relevantes que devem ser apreciadas na próxima semana, como o Projeto de Lei do piso salarial dos professores do RN e pautas dos policiais e bombeiros militares.O deputado Tomba Farias foi o primeiro a tratar do assunto do piso salarial dos professores do Estado. Ele informou que o PL que trata do assunto chegou na Comissão de Fiscalização e Finanças, a qual ele preside, foi votado e encaminhado para o plenário. Ele esclareceu que houve mudanças por parte dos deputados no Projeto original enviado pelo Governo do Estado, como a subtração da expressão “até” onde estava escrito até 15%. “Até 15% pode ser 1, 2, 3%… tiramos a palavra para garantir o piso salarial, além de outras modificações para dar segurança aos profissionais”, explicou.O parlamentar também mencionou que o art. 2º foi subtraído pelos deputados no âmbito da Comissão, para que não houvesse a negociação do Governo do Estado com os profissionais sem a participação da Casa Legislativa. “Quero deixar claro que não houve intenção de atrapalhar a tramitação do Projeto de Lei. Ele estava aqui para ser aperfeiçoado pelos deputados”, disse.Getúlio Rêgo, por sua vez, falou da insatisfação dele de não estar sendo aprovada a implantação do piso salarial dos professores nos moldes do que foi estabelecido pela Presidência da República. “O piso salarial é uma lei que foi criada quando Fátima Bezerra ainda era deputada, e, inclusive foi relatora. Ela nunca deixou de exigir a implantação do piso a partir do mês de janeiro. Mas, como governadora, em 2020, decidiu parcelar a implantação e agora vai parcelar de novo”, falou.O deputado Coronel Azevedo foi quem falou sobre os policiais e bombeiros militares do RN. De acordo com ele, em 2019, o governo recebeu os profissionais e pactuou uma solução para as demandas. “Em virtude da pandemia, não foi possível cumprir o acordado. Mas, depois de uma mobilização e quatro reuniões, a contraproposta apresentada pelo Governo do Estado foi aceita em Assembleia Unificada, realizada em frente à Governadoria”, contou.“Quero agradecer a atenção do Governo do Estado e de todos os secretários estaduais. Com muita luta, encontramos uma solução que foi aprovada”, destacou. Coronel Azevedo informou ainda que falou com o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), sobre a preocupação com o prazo eleitoral para deliberação da matéria e disse que o presidente autorizou a leitura da Mensagem nº 009/2022 do Governo do Estado e eles estão trabalhando na tramitação.Em resposta aos assuntos mencionados pelos parlamentares, o líder do Governo, Francisco do PT, aproveitou para agradecer, em especial à Comissão de Finanças e Fiscalização (CFF), pelas contribuições ao Projeto de Lei de implantação do piso salarial dos professores. “O processo de diálogo envolveu a representação dos professores, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do RN (SINTE/RN) e o Governo do Estado, que manteve uma mesa de negociação aberta de forma permanente. E esta Casa Legislativa aperfeiçoou a matéria. Trata-se de uma conquista importante e tudo isso remete a essa capacidade de diálogo que estamos vivenciando”, disse.Ele também se referiu às demandas dos policiais e bombeiros militares do RN, que segundo ele, transformou-se também em uma conquista fruto de um amplo processo de diálogo. “A Lei é fruto de diálogo, com representação e reivindicação legítima da categoria. Fica meu apelo para garantirmos quórum na próxima semana para aprovar essas importantes Leis, por causa da trava da legislação eleitoral”, completou.O deputado Ubaldo Fernandes, por sua vez, cobrou a convocação para as etapas seguintes dos agentes da Polícia Civil, dos delegados e escrivães que fizeram o concurso público de edital nº 01/2020, com 301 vagas.“Nós entendemos a importância da Polícia Civil parta nosso estado. Existem vários pleitos de lideranças políticas e, inclusive, o compromisso do próprio Governo do Estado de implantar várias delegacias especializadas nas cidades-polo do Rio Grande do Norte, inclusive em Mossoró. Por sinal, o Governo acatou um pedido do meu mandato de instalar uma delegacia de combate ao roubo e furto de veículos em Mossoró, a segunda cidade mais importante do Estado. Mas, para que isso aconteça, são necessários recursos humanos”, falou. Ele lembrou que há um déficit grande de pessoal e fazia tempo que não havia concurso público.Nelter Queiroz, que também foi um dos líderes a falar e destacou o Programa do Leite. De acordo com o parlamentar, o Governo do Estado não está cumprindo o Programa, especialmente na região do Seridó. “O Programa tem importante papel para alimentar as famílias vulneráveis. Na nossa região foi suspenso desde setembro do ano passado. Quarenta e dois municípios não estão recebendo leite há mais de 90 dias e 98 municípios estiveram diminuição considerável do laticínio”, apresentou os dados.

...
22
mar
2022

O governo anunciou nesta segunda-feira que decidiu zerar, até o fim deste ano, o imposto de importação sobre o café, a margarina, o queijo, o macarrão, o óleo de soja e o açúcar. Também foi zerado o imposto de importação do etanol. O objetivo é ajudar na queda da inflação, cujo índice acumulado em 12 meses ultrapassa 10%.

A redução do imposto sobre o etanol ajudará na queda do preço da gasolina, já que o combustível vendido no posto precisa estar misturado com o produto.

De acordo com o Ministério da Economia, esses produtos estão entre os que mais pesam na definição dos índices de preços.

O governo federal também anunciou que vai reduzir em 10% o imposto de importação sobre produtos como celulares, computadores e máquinas usadas em indústrias, conhecidas como bens de capital.

A medida tem o objetivo de baratear a compra de equipamentos usados pelo setor produtivo e também diminuir o preço de itens importados, comprados pelos consumidores comuns no país. Com isso, o corte de tarifas de importação de bens de capital, tecnologia e informação (BIT-BK) e bens de consumo chegará a 20%.

O governo tem acumulado recordes de arrecadação, movimento puxado pela alta da inflação e também pela recuperação econômica. A arrecadação federal em janeiro, por exemplo, somou R$ 235 bilhões, um aumento real (já descontada a inflação) de 18,30% em relação ao mesmo período de 2021.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, tem afirmado que prefere transformar esse aumento de arrecadação em corte de impostos. Para ele, essa saída é melhor do que aumentar gastos, como reajustes salariais de servidores — medida que tem sido adotada em praticamente todos os estados da Federação, como mostrou o GLOBO nesta segunda-feira.

O governo já cortou em 25% o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), que incide sobre a produção nacional. Guedes tem falado também que quer fazer movimentos simultâneos de redução de impostos, cortando alíquotas de produtos nacionais e importados em momentos próximos.

Exame

...
21
mar
2022

O deputado federal Benes Leocádio (Republicanos-RN) se mantém como o parlamentar que mais defende os municípios do Rio Grande do Norte e 2° do Brasil, entre todos os membros do Congresso Nacional (deputados e senadores). O ranking é fruto de um estudo feito pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), produzido pelo Observatório Político.

O levantamento classifica os deputados federais e senadores de todo o Brasil com o perfil municipalista. O reconhecimento é fruto do trabalho do deputado Benes em defesa das pautas municipalistas na Câmara dos Deputados e atuação nas discussões sobre o Pacto Federativo, recomposição do FPM, auxílio financeiro para os municípios, entre outros temas.

“Defender os municípios é trabalhar pelo povo.  Mais uma vez, recebo com alegria esse reconhecimento. Mas, estou ciente da responsabilidade que tenho, principalmente, com os municípios do Rio Grande do Norte. Precisamos lutar para que o Congresso Nacional avance com as propostas que melhorem a situação econômica e social das cidades brasileiras, viabilizando melhorias diretas para a população. Sempre estarei defendendo os municípios, pois são neles que os cidadãos moram e precisam da qualidade nos serviços ofertados”, disse o deputado.

...