Perícia solicitada por Felipe Menezes confirma denúncia: R$ 44,9 milhões movimentados fora do orçamento; audiência será amanhã

Está marcada para essa terça-feira, 16, a audiência que dará seguimento ao processo de cassação do Prefeito Felipe Menezes na Câmara de Vereadores.

Nesta segunda-feira, 15, o Perito em contabilidade pública Antônio Júnior Fernandes entregou o laudo pericial que foi requerido pelo denunciado Felipe Menezes em sua defesa. Na perícia, apenas o denunciante Rosenildo Silva apresentou quesitos para serem respondidos.

Mesmo intimado, o advogado Carlo Virgílio Fernandes de Paiva perdeu o prazo para apresentar quesitos ao perito. A alegação para a perca do prazo foi que a Câmara estava fechada no dia do protocolo, que seria em 26 de dezembro. Mesmo com esse argumento, protocolou uma petição por e-mail e whatsapp no dia 29.

Segundo a assessoria da Câmara, há servidores diariamente trabalhando ininterruptamente na sede legislativa.

A perícia não deu boa para o Prefeito, mesmo tendo sido solicitada por ele. De acordo com o laudo pericial, o desvio orçamentário foi maior que o denunciado por Rosenildo: agora o rombo é de R$ 44.925.282,05 (quarenta e quatro milhões novecentos e vinte e cinco mil duzentos e oitenta e dois reais e cinco centavos).

Amanhã serão ouvidas as 10 testemunhas indicadas pelo Prefeito. O advogado de Felipe se comprometeu em apresentar todas as testemunhas na próxima audiência.



Deixe seu comentário

%%%%%%%%%%%%%%%%%%