Procurador tenta barrar repasse de R$ 600 milhões da União para o RN

Mais uma pedra no caminho dos servidores estaduais do Rio Grande do Norte. O procurador do Ministério Público de Contas junto ao TCU, Júlio Marcelo de Oliveira, recomendou à área econômica do presidente Michel Temer (PMDB) que não faça a transferência de R$ 600 milhões para o Governo Robinson Faria (PSD) pagar salários e 13º salário dos servidores estaduais. Segundo ele, a transação desobedece a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).



Deixe seu comentário

%%%%%%%%%%%%%%%%%%